Stop the Crop

For a sustainable, GMO-free future

Agricultura europeia em risco

August 8th 2013

Lançada campanha e filme para neutralizar a expansão da agricultura transgénica

Organizações de ambiente e agricultura lançaram hoje uma nova campanha para neutralizar a expansão da agricultura transgénica na Europa.

A Comissão Europeia está a planear relançar as conversações para aprovar 25 novas variedades geneticamente modificadas (GM) para cultivo na Europa – incluindo plantas resistentes ao herbicida Roundup e plantas produtoras de inseticida. As espécies em causa são o milho, soja e beterraba. Isto significa alterar drasticamente a agricultura europeia com o inevitável aumento do consumo de herbicidas, contaminação da produção biológica e convencional e industrialização acrescida do espaço agrário.

Mute Schimpf, ativista da associação Amigos da Terra Europa afirmou: "Esta campanha tem como objetivo impedir que sejam autorizados mais transgénicos para cultivo na União Europeia. A experiência mostra que este caminho leva a um aumento dos uso de pesticidas e a uma ainda maior industrialização da agricultura. Se forem autorizados mais transgénicos na Europa então as nossas paisagens ficam mais pobres, a nossa natureza é danificada e a alimentação fica contaminada."

Esta campanha é lançada com um novo filme que documenta as consequências do cultivo de transgénicos (e correspondente aplicação de herbicidas) na América Latina e os impactos muito negativos observados tanto no ambiente como na saúde pública das comunidades rurais.

Nina Holland, ativista do Observatório Empresarial Europeu, explicou: "Atualmente a União Europeia importa soja geneticamente modificada produzida em vastas monoculturas na América do Sul, o que causa não apenas desflorestação e êxodo rural como representa um desastre do ponto de vista da saúde pública a nível local. A situação é tão grave que os agroindustriais da soja têm sido obrigados a responder por ela em tribunal.

The introduction of patented GM-crops has increased the corporate control of the food chain. When GM crops are grown the contamination of other fields is unavoidable. In the USA Monsanto has so far sued 410 farmers and 56 farm companies for patent infringements; a situation that could be repeated in Europe if GM-crop cultivation is expanded.

The campaign also claims that the push for GM crops draws attention away from sustainable alternatives, while preventing real solutions to alleviate hunger or poverty.

A introdução da agricultura baseada em sementes transgénicas patenteadas tem permitido que as multinacionais controlem cada vez mais a cadeia alimentar.

Mute Schimpf rematou: "As plantas transgénicas são desnecessárias, arriscadas e beneficiam as grandes empresas multinacionais em detrimento da agricultura familiar sustentável. O público claramente prefere uma agricultura mais verde, sem transgénicos no prado nem no prato. Está na altura de canalizar todos os nossos recursos para a agricultura que a sociedade precisa e parar de fazer vénias a uma indústria cheia de promessas vãs."

About the Stop the Crop campaign

This website and film present some of the dangers of GM-crops, and call for people across Europe and beyond to take action to stop them. We need a future of food and farming that benefits people and planet, and not the pockets of big business. We need to stop GM-crops from spreading across Europe. You can sign up for updates and alerts opposite.